FinanceIA

As 8 maiores empresas disruptivas do mundo que investem em inteligência artificial

A inteligência artificial (IA) é uma tecnologia disruptiva que vem revolucionando o modo como a indústria se comporta. Muitas empresas passaram a se apoiar em soluções que contam com esse tipo de inovação, mudando formas de processos e relacionamentos.

Segundo o relatório State of Mind 2019 da Salesforce, a estimativa de crescimento da IA no Brasil é de 133% em 18 meses. Já a média mundial é 143%, refletindo o impacto dessa tecnologia no mercado global. Um dos países com média maior é o México, com 300% de estimativa. Também se destacam a Alemanha (293%), Singapura (267%) e França (229%).

Com o amadurecimento da IA, os líderes passam a confiar cada vez mais nesta tecnologia para os negócios. Trata-se de uma ferramenta que melhora os processos e permite que os funcionários foquem em tarefas mais estratégicas, de maior valor humano.

Esses movimentos trazem muitos benefícios para a indústria e levam diversas companhias a investirem pesado. Neste artigo, separamos algumas empresas que adotam inteligência artificial em seus processos para melhorar as experiências!

1- Nvidia Corporation

A Nvidia é uma empresa de computação cuja tecnologia inspira muitos players. Os líderes da companhia têm a unidade de processamento gráfico (GPU) como foco nas estratégias de mercado.

Essa tecnologia é aplicada em veículos autônomos, gamificações, computação em nuvem e outras áreas que demandam o uso de deep learning. O conhecimento avançado em GPUs de alto desempenho é responsável pela vantagem competitiva da Nvidia.

Em meio ao crescimento acelerado do setor, a empresa passou por uma queda em 2018, mas voltou a se recuperar. Atualmente, continua a figurar entre os líderes de mercado com um dos melhores acervos de IA.

2- Alphabet

Parte integrante dos negócios do Google, a Alphabet é uma das mais importantes empresas de tecnologia do mundo. A inteligência artificial e o deep learning são peças fundamentais nos projetos, apoiando a automação de seus negócios.

Essas tecnologias estão por trás da atuação da Alphabet em resultados de buscas, assistentes pessoais, programas de reconhecimento de imagem e voz e muito mais. A manutenção e melhoria desses serviços é o principal fator no poder competitivo da empresa.

Além disso, a experiência, os recursos e a motivação de expansão promovidos pelo Google impactam bastante nos resultados.

3- Amazon

O poder de mercado da Amazon é inquestionável. Não só tem em seu CEO, Jeff Bezos, a pessoa mais rica do mundo, mas também foi a segunda empresa da história a alcançar o valor de mercado de US$ 1 trilhão.

Esses feitos mostram como a empresa está sempre à frente nas inovações e no uso de tecnologias disruptivas. A inteligência artificial é parte fundamental nos resultados da Amazon, estando presente nas buscas, em produtos de forecasting, logística e também na assistente virtual Alexa.

A Amazon Web Services (AWS) é sua ramificação mais importante, liderando o setor de cloud computing com serviços de machine learning. 

4- Microsoft Corp.

A Microsoft fornece serviços de inteligência artificial por meio da Azure, empresa de computação em nuvem. Algumas das soluções desenvolvidas incluem ferramentas para medicina, idiomas e robótica, bem como imagens de exames.

A companhia fez um investimento recente de US$ 1 bilhão na OpenAI para desenvolver a inteligência artificial geral (AGI), que promete fazer tudo que um humano consegue. O projeto deve levar décadas para chegar ao objetivo, mas tem alto potencial de mercado.

5- Baidu

O Baidu é um dos gigantes no mercado chinês em termos de tecnologia e inteligência artificial. Seus mecanismos de buscas utilizam IA para melhorar os resultados e promover serviços de anúncios. Além disso, a empresa investe com sucesso em reconhecimento facial.

Com diversos parceiros do setor automobilístico em sua plataforma Apollo, o Baidu se beneficia de um banco de dados com informações da maior população do mundo.

6- Intel Corp.

A Intel é uma das empresas mais estáveis e diversificadas do mercado. Ela investe em produtos com inteligência artificial que permitem identificar rostos e até evitar colisões no trânsito.

Entre os itens que chegam aos consumidores, há câmeras de segurança, fechaduras eletrônicas com reconhecimento facial e o Mobileye para veículos, próprio para auxiliar motoristas no trânsito. Os serviços de deep learning da Intel são usados até na nuvem da Microsoft. 

7- Facebook

companhia de Mark Zuckerberg tem se comprometido fortemente com pesquisas em IA nos últimos anos.

Suas redes sociais utilizam algoritmos inteligentes para determinar a visibilidade das postagens, mas a grande relevância atualmente é ensiná-los a identificar e bloquear conteúdos de ódio e fake news.

Com uma base de dados gigantesca — são cerca de 2,4 bilhões de usuários ativos mensalmente — o Facebook tem recursos consideráveis para desenvolver suas ferramentas de IA e testar técnicas de machine learning.

8- Twilio

A Twilio utiliza inteligência artificial para desenvolver APIs em nuvem que permitem construir ferramentas de voz, vídeo e mensagem em aplicativos. A empresa é avaliada em US$ 3,8 bilhões, com expectativa de crescimento nos próximos 5 anos. 

Essas são as 8 empresas mais disruptivas do mundo em termos de inteligência artificial. Cada uma tem o seu papel no atual cenário da tecnologia, mostrando que seus impérios não foram construídos ao vento. Continue lendo o Trends para conhecer mais empresas disruptivas!